Minimalismo em game design

19:25:00

Shadow of Colossus - Wallpaper
O minimalismo como movimento artístico surgiu no início da década de 60, como um subproduto do modernismo. O modernismo era a rejeição das formas ultrapassadas de pensar, e isso afetou diretamente as formas artísticas.

Movimentos artísticos anteriores consistiam da abstração e metáforas enquanto que o minimalismo focou no literalismo objetivo. Os objetos resultantes desse estilo utilizam uma paleta de cores limitada, formas geométricas básicas, e uma geral ausência de detalhes.

O propósito do minimalismo em game design é destacar elementos específicos do jogo ao limitar a abrangência dos elementos que o circundam.

Um jogo pode ser criado inteiramente voltado ao minimalismo, mas esse estilo também pode ser invocado apenas em elementos isolados, com propósitos específicos.

Como benefícios da utilização desse estilo para o design de jogos, podemos citar:

- Foco e contraste

Ao isolar elementos e remover o ruído que os circundam, contra-se a atenção ende se deseja. Em jogos eletrônicos isso é feito removendo elementos desnecessários da HUD do jogo, aumentando a imersão e o foco no universo do jogo.

O contraste também é bastante utilizado para gerar o foco nos elementos importantes, e a forma mais fácil de criá-lo é utilizando cores específicas. As cores que mais favorecem essa percepção são preto e o branco em suas diversas interaçãos, como plano de fundo, objetos, e imagens isoladas de outros elementos.


- Incita a imaginação

Journey - Wallpaper

O minimalismo possui uma relação com a arte abstrata, essa caracterizada por explorar a imaginação para atribuir sentido ao objeto. As pessoas tendem a preencher com a imaginação elementos ausentes dos objetos, podendo chegar a coclusões ricas em detalhe, de acordo com as suas experiências pessoais.

Uma imagem fotorrealista deixa pouca margem para a imaginação, pois todos os elementos já estão apresentados, e engessam o tema apresentado. Ambas abordagens são válidas, quando utilizadas conscientemente.
Além disso, a utilização de formas geométricas básicas e os seus simbolismos atiçam a imaginação de uma forma comprovadamente utilizada ao longo dos séculos, como pode ser visto nesse post aqui.


- Aparência elegante

O minimlismo, quando bem utilizado torna o seu objeto elegante, sofisticado. 

Além disso, cada elemento possui um objetivo determinado, os excessos são eliminados e assim consegue-se o efeito de simplicidade percebida, mas complexidade inerente.

Entretanto, devem ser tomados alguns cuidados ao utilizar designs minimalistas em jogos.

A principal armadilha é apresentar objetos que parecem ser simples demais. Apesar do verbo mais utilizado no minimalismo é "simplificar", o objetivo fnal não é esse. O objetivo final do minimalismo é revelar a essência do objeto.

Por isso nem todo jogo simples pode ser chamado de minimalista. Jogos como Ico e Shadow of Colossus são minimalistas e são extramamente ricos em arte visual e jogabilidade, por exemplo.

Como um meta exemplo posso citar esse site: apenas duas colunas, com as cores predominantes branco como fundo, e cinza nos textos, objetivando o foco na leitura sem ser agressivo ou visualmente poluído. As cores preto e vermelho são utilizadas em pontos estratégicos, como no cabeçalho e elementos interativos do site.

Para ilustrar ainda mais o conceito, deixo essa imagem das capas dos livros de RPG Rogues, e Player's Handbook 5ed. das editoras Paizo e Wizards of the Coast, respectivamente:


Qual capa você gostou mais? O que você acha desse estilo de design? Alguma recomendação de tópicos semelhantes? Compartilhe as suas ideias!

0 comentários